Percurso Pedestre Estrada Romana - Alqueidão da Serra

Estrada Romana - Alqueidão da SerraTipo de percurso: circular, pedestre, BTT

Extensão aproximada: 9 Km

Duração aproximada: 5 Horas

Ponto de partida: Parque de Merendas junto à Estrada Romana do Alqueidão da Serra

Ponto de chegada: Parque de Merendas junto à Estrada Romana do Alqueidão da Serra

Tipo de piso: caminho de pé posto, terra batida, estrada alcatroada

Grau de dificuldade: baixo

Download de Mapa do Percurso 1:25 000

Download de ficheiros em formato KML para o Google Maps/Earth

Precauções e Normas de Conduta

Código de Conduta do PNSAC

 

 

Descrição:

A Estrada Romana de Alqueidão da Serra está classificada como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto nº29/90 de 17 de julho, constituindo um dos marcos mais notáveis do património cultural do Concelho de Porto de Mós.

O percurso pedestre tem ponto de partida no Parque de Merendas, junto à Estrada Romana, e inicia-se com o trilho da mesma, numa extensão de cerca de 500 metros até à estrada alcatroada. Aí poderão observar-se sinais da atividades predominante na freguesia, a extração de pedra, assim como a agricultura de subsistência. Voltando à serra avistam-se mantos de pedra que forram a paisagem e muros de pedra solta que delimitam as culturas agrícolas.

Mais à frente encontram-se zonas de matos rasteiros, intercalados com campos agrícolas e bosques de carvalhos e pinheiros numa conjunto variado de fauna e flora. 

Flora: Pelo percurso podem encontrar-se o carvalho-cerquinho, pinheiros, olival e alecrim.

Fauna: Nos matos predomina o rouxinol, a felosapoliglota, o cartaxo-comum e a toutinegra-de-cabeça-preta. Em zonas de cultivo encontram-se o sapo-comum, o sardão, e a cobra-de-escada. Junto das raras zonas de água reunem-se as condições ideiais para a permanência da cobra-de-água, a salamandra-comum e o sapinho-de-verrugas-verdes.


Pontos de Interesse:

Estrada Romana do Alqueidão da Serra: Alqueidão é uma palavra de origem árabe que significa caminho ou travessia. Freguesia criada em 1615, com o nome de Alqueidão de Contas, por influência dos Monges de Cister que aqui terão construído uma granja em 1734, o aglomerado urbano cresceu ao longo da Estrada Romana. A antiga estrada fazia ligação entre a Nazaré e Tomar e terá servido principalmente à exploração de minério de ferro pelos romanos.

Britadeira: Ao longo do percurso encontram-se pedreiras de calcário para extração de brita. A brita é utilizada na construção civil, estradas, autoestradas e edifícios. Apesar da exploração ter impactos negativos no ambiente, é uma atividade fulcral para o desenvolvimento económico da região e do país, de modo que, desde que as explorações cumpram os requisitos legais exigidos de licenciamento e de minimização do impacto ambiental, a sua atividade é autorizada.

Lagoa de Chão Nogueira: uma pequena dolina de cerca de 6 metros forma a Lagoa de Chão Nogueira. Um ponto cuja importância é inquestionável pela escassez de água nestas paragens.

Voltar
Apoios Leiria Região Digital AMLEI pos_conhecimento FEDERAcessibilidade

Contactos | Avisos legais
Copyright © 2002-2012 Todos os direitos reservados.